Raiai!

Um blog de baianidades soteropolitanas

13 março 2006

Quando os Putões se armam (Resgate de um bêbo tirado a corajoso)


Pagodão num domingo à noite qualquer de 2003, lá no fim de linha de Plataforma. Dois caras...

... Passa uma menina, passam o olho na bunda dela.
Passa a outra, passam a mão no cabelo dela.
Passa mais uma, eles deixam passar.
É feia, tem nêgo ou é muito magrela.
Deixam o bar com umas “experimenta” na mão e voltam pro carro.
Mas tem q se ligar pra não cair em nenhum esparro...
[Paro de rimar por aqui].
Aumentam o volume do “som” e o cheiro da gasolina chama as presas pra mais perto.
Chegam e passam, passam e chegam, e os meninos ficam espertos.
[Foi mal; não resisti. / Pronto, parei... Agora sim].


– ...Sim, ¿mas o seu nome é Ubiraleide ou Ubiraneide?
– Neide.
– Ah, e o pessoal lhe chama de Neide mesmo ¿né?
– Não. Me chamam de Bira.
– Ah, Bira. ¿E qual é o nome da sua amiga?
– Né amiga não. Ali é minha irmã.
– Sua irmã! Parece não.
– O nome dela é Ubiraiara.
– Ubirajara! Ubirajara é nome de homem, rapaz.
– Não. Ubiraiara, com “i”.
– E chamam ela de Iara ¿né?
– Não, chamam de Bira, também. Só q chamam ela de Bira Preta e eu de Bira Branca.
– Ah, (?!) entendi.
– Eu tenho q ir q Painho só deixou a gente ficar até umas dez e quarenta e cinco; dez e cinqüenta e cinco, no máximo. ¿Q hora é essa aí?
– Quí! Tá cedo ainda. Toma uma cervejinha aí com a gente... e chama sua irmã pra vir pra cá... [enche um copo]. Fala alguma coisa, Escobar! – diz, cutucando o amigo q estava quieto.
– ¿Escobar?!! ¿Por-um-acaso foi você q foi pra São Paulo por q passou no Exército? Acho q era Escobar mesmo o nome... Era Escobar ou Edmílson, sei lá...
– Não, foi ele mermo. A-e-ro-náutica! Brinque com Escobar, sacana! ¿Mas você já ouviu falar dele? – pergunta, estranhando. – A gente nem mora tão perto daqui, assim.
– Meu pai também é militar.
– ¿Ah é? Q mag(r)avilha! (...) Ô Bira, chama sua irmã pra vir pra cá também, ficar aqui com a gente.
– Ah, ela não vem não. Ela é toda envergonhada, toda criançona.
– Ôôô, ¿como é o nome dela mesmo? Ubira...
– Ubiraiara. Mas chame de Bira Preta q ela não gosta q falem o nome dela alto não.
– Ô Bira Preta! Bira!!... ¿Ela é surda é?
– Ih, ¿eu não falei q ela não vinha? Mas não ligue não, menino. Ela é abestalhada assim mesmo, de vez em quando. Ligue não.
– Escobar disse q tava a fim de se armar com ela. ¿E aí?...
Escobar se manifesta:
– Oxe! ¿Eu não tenho boca pra falar não é? Fique na sua q daqui a pouco eu vou lá.
– Ahn! Sai daê, seu Pangaré! Bufa-fria desses... Duvido!
– ¿Duvida de quem, rapaz?! ¿De mim?... Peraí q cê vai ver... vou lá intimar ela, na cara dura, só pra queimar sua língua... / E eu vou lá é agora, seu otário! – Escobar toma o último gole da cerveja, já quente, e vai, depois de se irritar com a alugação do amigo.
– Ih rapaz! Tá virando home mermo! Tirando onda de Putão, ó. Vá lá, seu chibungo, vá!
– Não deixe ele ir não, menino!
– Quí! Ali quando fica bêbo, fica dodio... Dodio, dodio, dodio! Nem adianta chamar.
– ¿É?
– É. (...) Sim, mas agora o negoço é nós dois aqui. ¿E aí? ¿Tá a fim de dar um rolé? Aliás, ¿por q você não chama sua irmã e a gente se sai de carro?... Vai nós quatro, assim, prum lugar mais tranquilo...
– Não. Meu namorado pode ficar sabendo.
– Ah, ¿cê tem namorado?
– Tenho... Mas ele tá viajando.
– Ah sim... então não tem problema – fala, meio encabulado, mas insiste. – Bora. A gente se sai agora e arma esse duque até dar o tempo de vocês irem pra casa.
– Não sei... Eu até posso ir, mas não sei se Preta vai querer não.
– ¿Por q ela não vai? Etá! Ela não deve ser tão tapada assim – pára por um instante quando se surpreende com o q vê acontecer um pouco mais à frente. – Vai sim! Ó pa lá. Ela já tá é se chupando com Escobar ali, enquanto nós dois fica aqui de boresta, sem fazer nada... [grita:] Chupa, Caetano!!!
– Mas ela...
– Já sei. Ela tem namorado também. ¿Mas o q é q tem? Cê também tem... Vá mainha, vá lá falar com ela, por favor – diz, com fala mansa e olhar meio torto, no final.
– Tá, mas...
– Mas ¿o quê?
– Eu acho q ela não vai querer ir não q ela tá esperando o namorado dela voltar, apesar de eu achar q ele não vem mais hoje aqui.
– ¿Voltar de onde?
– Não, é q teve uma confusão com ele e um cara ali no bar, nestante, agorinha mesmo.
– Sim, ¿e cadê ele?
– ¿Quem, o cara? Tá ali, ó.
– Não, o namorado de sua irmã.
– Aaah, eu não sei direito não. Eu só sei q rolou pau-viola porque parece q esse cara boliu com ela; aí Cesinha, o namorado dela, veio tirar pergunta a esse menino, aí, sei lá... parece q Cesinha tomou um pau na cara e foi embora pra casa. Acho q foi só isso só.
– Sim, ¿e por q ela tá esperando ele voltar?
– Não, eu não sei direito não q ela nunca me conta as coisas direito. Mas foi por isso q ela tava ali, triste, aquela hora. Acho q ela tava com medo de Cesinha ter ido em casa pra buscar a arma...
– Arma!!! ¿Q arma menina?!
– Ué, a arma. Do pai dele, ou do irmão, ¿quem sabe? [se assusta, de repente] Ih, eu acho q é ele q tá vindo ali, com a barreirinha de pivete q anda com ele. Já vi q o bicho vai pegar pro lado daquele menino...
– ¿Quêde?!!! ¿Cadê o home, rapaz?...
– Ali, ó. Aquele de blusa ver...
Larga Bira Branca falando sozinha e corre na direção do casal, q continuava se beijando.
– Escobar! Se sai, se sai!! Barriou!!! Se sai q é barril!!!
– ¿É o quê, rapaz? Se saia, você...

Resultado da Operação “Resgate de um bêbo tirado a corajoso”: MISSÃO CUMPRIDA. (Corre corre, ‘salve-se quem puder’ e um tiro na lateral do carro em fuga).
Conclusão: Quando os Putões se armam, ‘perna pra q te quero’!

* de RAIAI! 2

6 comentários:

Anônimo disse...

HAHAHAHAUHAUAHUAHUHAUHUAUHAHAUHU!!!

mas a primeira foi melhor.

Roberto Bakunim disse...

Muito legal... mas Beavis e Butthead não fugiriam da briga.
Põe aquela do buzu, Gabriel (da moeda).

Jorge Augusto disse...

A da moeda, a da moeda, a da moeda. ouve o coro, João gabriel a da moeda ...

Alyne Costa disse...

fala sério...
Qdo for em ssa, vou procurar pra comprar. Faz tanto tempo q eu não ria como hj...

Rei disse...

pra fechar com chave de diamante a das piriguetes,,, me surpreendeu mais uma vez (ou como sempre).

vou mandar pra minha lista de emails. pode ser? valeu...

Anônimo disse...

top [url=http://www.001casino.com/]casino online[/url] hinder the latest [url=http://www.casinolasvegass.com/]casinolasvegass.com[/url] autonomous no consign perk at the leading [url=http://www.baywatchcasino.com/]online casinos
[/url].